.

20/08/2010

O QUE É MEDIUNIDADE?

CASA_MENTAL 

É uma faculdade natural de toda criatura viva. Podemos dizer que é um canal psíquico que todos possuem e que liga o Espírito encarnado ao mundo invisível. É, portanto, através da mediunidade que os encarnados recebem a influência dos desencarnados, funcionando como uma ponte entre os dois planos.
Embora seja faculdade comum a todos as criaturas, em alguns indivíduos ela se encontra mais exacerbada, sendo capaz de produzir fenômenos ostensivos como a profetização, a psicografia e os efeitos físicos.
Sendo uma faculdade orgânica, não depende da qualidade moral de quem a possui. Isso faz com que haja uma grande diversidade no uso que se faz dela, existindo tanto aqueles que a utilizam para o bem, como para fins ilícitos, inclusive os comerciais.
"Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes" - (I Corintios 12.1).
"Todas as nossas faculdades são favores que devemos agradecer a Deus, pois há criaturas que não as possuem. Podias perguntar porque Deus concede boa visão a malfeitores, destreza aos larápios, eloquência aos que só a utilizam para o mal. Acontece o mesmo com a mediunidade. Criaturas indignas a possuem porque dela necessitam mais do que as outras, para se melhorarem" - (Livro dos Médiuns - Questão 226).

Afloramento (Eclosão) da Mediunidade

A maior dúvida relativa àqueles indivíduos que estão conhecendo a mediunidade é identificar os sintomas que caracterizam a mediunidade iniciante. Divaldo Franco, no livro "Estudos Espíritas" (Espírito Joana de Angelis – FEB) nos esclarece que:

"A mediunidade, sendo uma faculdade natural, eclode ou surge na época apropriada, definida no planejamento reencarnatório do individuo (espírito encarnado)."

"Natural, aparece espontaneamente, mediante constrição segura, na qual os desencarnados de tal ou qual estagio evolutivo convocam à necessária observância de sua leis, conduzindo o instrumento mediúnico a preciso labor por cujos serviços adquire vasto patrimônio de equilíbrio e iluminação, resgatando, simultaneamente, os compromissos negativos a que se encontra enleado desde vidas anteriores."

"Outras vezes surge como impositivo provacional mediante o qual é possível mais ampla liberação do próprio médium, que, em dilatado o exercício da nobilitação a que se dedica, granjeia consideração e títulos de benemerência que lhe conferem paz."

"Sem duvida, poderoso instrumento pode converter-se em lamentável fator de perturbação, tendo em vista o nível espiritual e moral daquele que se encontra investido de tal recurso."

A eclosão mediúnica pode, então, ocorrer de duas formas:

  • Espontânea: não causa maiores desconfortos, quer físico quer emocionais, ao médium iniciante;

  • Provacional: o médium apresenta descompassos emocionais, que atingem a sua organização física. Podem ocorrer perturbações espirituais. Esta é a forma mais comum do surgimento da mediunidade no estado evolutivo em que nos encontramos no Planeta Terra.

Martins Peralva, no livro "Mediunidade e Evolução" (FEB – cap. 3 – Eclosão Mediúnica) nos chama a atenção de que a mediunidade independe de condições externas: "O surgimento da faculdade mediúnica não depende de lugar, idade, condição social ou sexo. Pode surgir na infância, adolescência ou juventude, na idade madura ou na velhice. Pode revelar-se no Centro Espírita, em casa, em templos de quaisquer denominações religiosas, no materialista."

No livro "Estude e Viva" (FEB), Emmanuel e André Luiz nos lembram que não é a mediunidade que nos causa desconfortos, mas o nosso desconhecimento em lidar com a mesma:

"Quando do aparecimento da mediunidade, surgem distúrbios vários, sejam na área orgânica, através de desequilíbrios e doenças, ou mediante inquietações emocionais e psiquiátricas, por debilidade da sua {do médium} constituição fisiopsicológica. Não é a mediunidade que gera o distúrbio no organismo, mas a ação fluídica dos espíritos que favorecem a distonia ou não, de acordo com a qualidade de que esta se reveste. (...), seja por ignorância a respeito do assunto, o que é mais comum, seja por desinteresse ou desatenção dos familiares ou dos amigos. Em outras ocasiões, os médiuns iniciantes, por se revelarem (...) fascinados pelo entusiasmo excessivo, diante do impacto das revelações espirituais que os visitam de jato, solicitam o atendimento e o apoio dos irmãos experimentados, para que não se percam, através de engodos brilhantes.

fonte: http://www.cealdf.org.br – foto: google

13 comentários:

  1. Márcia, o grande estudioso Cairbar Schutel dizia: "Cada médium deve cultivar o dom que possui e nunca ultrapassar os limites de sua faculdade".
    Emmnuel nos diz; "Os médiuns são DUPLICATAS VENCIDAS". A conclusão que tiramos disto tudo, é que devemos assumir o compromisso da faculdade mediúnica para aqueles que são "médium em estrito senso", pois em "lato senso" todos somos, e tentar domar nossas más inclinações, pois o trabalho da mediunidade com Jesus, requer abnegação, renúncia, amor ao próximo. E sempre lembrarmos uma das palavras do Nosso S. Jesus Cristo: " È necessário que eu diminua para que ele cresca", e assim somos nós mediuns; precisamos fazer com que morra o homem velho em nosso interior e nasça o homem novo. Assim conseguiremos servimos a Jesus e cumprir nossa pequena tarefa mediúnica, debaixo de muitos espinhos, pois a mediunidade não é um mar de rosa e nem varinha de condão,e sim uma oportunidade de reparação. Muita paz minha amiga Márcia, que Jesus dê serenidade e bom ânimo pra ti e tua familia.
    Um abraço de seu amigo mineirinho Luciano Dudu.
    Ps. Adorei você ter colocado o banner de meu blog na lateral do teu blog, ficou atrativo.
    Que Jesus a abençoe , boa noite

    ResponderExcluir
  2. Mária muito esclarecedor seu texto,obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga
    `Como é maravilhoso estudar sobre a medinuidade, adorei esse texto iluminado.

    UM grande abraço e muita PAZ!

    ResponderExcluir
  4. Passando para desejar feliz final de semana

    abraços

    ResponderExcluir
  5. leio sempre os seus textos com acrescido interesse.

    beijo :)

    ResponderExcluir
  6. Lindo blog com textos interessantes...

    Grata pela visita, e com certeza estarei sempre aqui.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  7. Márcia

    Tive a honra de conhecer o Sr. Francisco Cândido Xavier, (Chico Xavier),
    Ainda nos anos 70 por ocasião das três primeiras Feiras do Livro Espírita em Ribeirão Preto.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  8. Lá amiga Marcia!
    Estou a agradecer, a sue visita ao meu blogs!
    E de esta a seguila, é um prazer em te ver por lá
    muito obrigado amiga muita luz para tí!
    E tambem quero te parabenizar, o seu maraviloso espaço tão cheio de graças. E de historias e ilustrações tão agradaveis, parabens muito bonito tudo que vi aqui
    E te desejo um fim de semana de muita luz paz!
    assino Adalso de Souza

    ResponderExcluir
  9. Gostei imensamente do seu espaço.Muito esclarecedor o post.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... e MEU CADERNO DE POESIAS, desejam um bom final de semana para você.
    Saudações Educacionais !

    ResponderExcluir
  10. Oi, Márcia!

    Aqui pela primeira vez, para uma visitinha. Gostei e vou voltar. Já li várias obras literárias espírita e tenho alguns livros. Gosto muito e me identifico demais com os conceitos da doutrina.

    Um grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  11. Marcia

    A mediunidade ostensiva sempre vem junto com a responsabilidade.
    Quase na sua totalidade, a mediunidade é de prova, mas existe a mediunidade natural que já é conquista do Espírito. De qualquer forma, o trabalho, a dedicação e o Amor são fundamentais para equilibrar o médium e também para vencer suas provas e expiações.

    Marcia, um beijo!!!

    ResponderExcluir
  12. PRAZERRRRRRRRRRRRRR!!!

    Estou chegando.........

    Agradeço pelos meus amigos por fazerem meus dias tam felizes!

    ---------
    MEDIUNIDADE--o assunto q questiono e
    Aprecio!!!!
    bjssssssss
    bjsssssssssss
    linda\\

    ResponderExcluir
  13. Gostaria de elogiar o texto, que com paravras diretas e sem rodeios poe em pratos limpos a mediunidade de todos e que o desenvolvimento e o conhecimento que aprofundamos nela e que faz a diferença...paraben

    ResponderExcluir

Amigos, irmaos,
é com maior carinho e amor que recebo seu comentário, sua contribuicao; entretanto - NAO serao publicados comentários de anônimos, pois este espaco aqui é para interargir, trocar, acrescentar; peco - nao perca tempo, caso vc nao queira se identificar.
Desejo de coracao a você que visita este espaco tenha muita paz, luz e consciência evolutiva. Obrigada pela sua visita e seu comentário!